Todas as Notícias

24/01/2017

Concurso Marinha 2017

Concurso Marinha 2017: Saiu o edital para CPAEAM com 1.240 vagas de Nível Médio

Foi divulgado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 24 de Janeiro, o edital de concurso público da Marinha do Brasil. O documento visa admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM), em 2017, sendo oferecidas 1.240 vagas no total. Do quantitativo de oportunidades, 248 serão reservadas aos negros. A Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM) tem a responsabilidade do certame.
Inscrição Concurso Marinha 2017 – CPAEAM
Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 01 de Fevereiro e 06 de Março de 2017, nos seguintes sites:

Acesse o site aqui:CLIQUE

Acesse o outro site aqui:CLIQUE

A taxa de inscrição custará R$40,00.


Progressão e Salários
A primeira fase é composta de formação militar-naval – Aprendiz Marinheiro, enquanto a segunda é como Grumete, quando o aluno já fará especialização inicial em uma das três áreas escolhidas, em ordem de prioridade, no ato da inscrição. A bolsa-auxílio será de aproximadamente R$1.000,00.

A primeira fase é a formação militar-naval, como Aprendiz-Marinheiro, e a segunda, já como Grumete, o aluno fará especialização inicial em uma das três áreas escolhidas, em ordem de prioridade, no ato da inscrição. Durante esse tempo, o aluno receberá uma bolsa-auxílio de aproximadamente R$ 1.000.

Após o curso, o aluno será nomeado marinheiro especializado, sendo assim, incorporado ao Corpo de Praças da Armada (CPA), permanecendo três anos nessa graduação. No terceiro ano, o militar fará curso de especialização com duração de 12 meses, sendo que, o candidato que concluir o curso com aproveitamento será nomeado Cabo. A remuneração girará em torno de R$ 2.500.


Fonte:noticiasconcursos
Capa: http://encurtador.com.br/CLY59
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br

Janot pede urgência em Homologação das delações da Odebrecht

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot (José Cruz/Agência Brasil)
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, formalizou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de urgência na análise e homologação das delações da Odebrecht, colhidas no âmbito da Operação Lava Jato. Nesta segunda-feira, o procurador esteve reunido com a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. Oficialmente, o encontro foi para que Janot prestasse condolências pela morte do ministro Teori Zavascki.

Janot tem demonstrado preocupação, nos bastidores, com o futuro da operação no tribunal após a morte do ministro Teori, com quem mantinha boa relação. Caberá a Cármen Lúcia decidir qual critério será utilizado para a redistribuição dos casos relativos à operação e, portanto, definir quem será o novo magistrado responsável por cuidar da Lava Jato no STF.

Na segunda, a presidente autorizou o andamento da análise da delação de 77 executivos e funcionários da Odebrecht pela equipe de juízes auxiliares de Teori. Com isso, serão realizadas as audiências com os executivos da empreiteira para confirmar se os delatores prestaram depoimento de forma espontânea. Antes de tomar a decisão, Cármen ouviu a opinião de colegas da corte, que a apoiaram.

Na prática, o pedido de Janot provoca a presidente do STF a se manifestar sobre a condução da Lava Jato. Isso porque a avaliação de ministros ouvidos reservadamente é que Cármen Lúcia pode dar andamento a trâmites que já vinham sendo feitos por Teori, mas caberá ao novo relator a homologação dos acordos.

Mesmo com a morte do ministro, os magistrados auxiliares seguem no gabinete até que o sucessor de Teori assuma e decida se vai manter a equipe. De acordo com o cronograma anterior que vinha sendo cumprido pelo gabinete, os juízes devem viajar para capitais onde vão ouvir os colaboradores.
Conteúdo: Estadão
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br

Mais de 1,3 milhão de pessoas deixaram os planos de saúde em 2016

O número de brasileiros que abandonaram os planos de saúde em 2016 caiu 2,8%, na comparação com o ano anterior. 

Foram 1,37 milhão de pessoas que deixaram os planos de saúde no ano passado, de acordo com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

A Região Sudeste puxou a queda do total de beneficiários. Em 2016, 1,1 milhão dos que abandonaram os planos ( 79,9% do total do país) concentraram-se no Sudeste. Apenas no estado de São Paulo, 630,3 mil beneficiários deixaram de contar com o plano de saúde.

A Região Sul encerrou 2016 com 95,85 mil beneficiários a menos. A queda, de 1,4%, foi puxada pelo Paraná, que perdeu 41,3 mil vínculos (1,5%) no período analisado.

No Centro-Oeste, 42,6 mil beneficiários deixaram seus planos, sendo 16 mil em Mato Grosso e 13,5 mil em Brasília. 

No Nordeste, foram 103,9 mil vínculos rompidos, 39,6 mil apenas na Bahia.

Nessa pesquisa não publicaram os dados sobre a região Norte.

Para o superintendente executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro, o resultado negativo para o setor se deve ao cenário econômico desfavorável e à queda do nível de emprego no país, com a redução de postos de trabalho formais. Com informações da Agência Brasil.

Fonte: Noticiasaominuto
Post: G.Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br

Estupro coletivo na Suécia é transmitido ao vivo pelo Facebook

Três homens acusados de estuprarem uma jovem na Suécia e transmitirem o crime ao vivo pelo Facebook foram presos nesta segunda-feira, informou a polícia local. O ato aconteceu no domingo, na cidade Uppsala, 70 quilômetros ao norte da capital do país, Estocolmo.

Os três suspeitos, nascidos entre 1992 e 1998, foram presos pela manhã em um apartamento, quando ainda estavam com a vítima, de 18 anos, graças a denúncias de usuários do Facebook. Quando a polícia chegou ao local, o vídeo ao vivo ainda estava em transmissão em um grupo fechado com cerca de 10.000 membros.

Josefine Lundgren foi uma das primeiras a alertar as autoridades. Segundo ela, o suspeito de 24 anos, considerado pela polícia como principal autor do crime, “arrancou as roupas” de sua vítima antes de estuprá-la e estava com uma arma. Segundo Lundgren, pelo menos sessenta pessoas estavam assistindo à transmissão e havia comentários de apoio, incluindo um escrito “três contra uma”, seguido de risadas.

Em entrevista coletiva, os investigadores pediram que qualquer pessoa que tenha salvado as imagens da agressão entregue o material à polícia. O vídeo não está mais disponível na rede social, porém, não ficou claro se foi apagado pelas autoridades ou pelo próprio Facebook. “Temos algumas imagens e vídeos, mas não temos fragmentos que mostrem a agressão em si”, disse o vice-procurador em Uppsala, Magnus Berggren.

Informações: AFP
Capa:http://encurtador.com.br/fhsHL
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br

Fugitivos de prisão em Manaus se entregam

A Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas informou que 90 dos 225 foragidos após os massacres no Complexo Penitenciário Anísio Jobim e no Instituto Penal Antonio Trindade, em Manaus, foram recapturados pela polícia. 

O juiz da Vara de Execuções Penais, Luís Carlos Valois, disse nas redes sociais que alguns foragidos estão se reapresentando "voluntariamente".

Uma coisa é certa: Regresso de presos em massa pode significar mais um reforço para enfrentamento com outras Facções do crime do que propriamente um arrependimento coletivo.

Com essa atitude muitos deles chegam a ganhar benefícios da Justiça e assim saírem mais cedo da Cadeia e voltarem a cometer mais crimes.

Informações: O Estado de S. Paulo.
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br