03/03/2015

A Polícia Civil de Rondônia prendeu um médico em Ariquemes suspeito de abusar de suas pacientes à moda Roger Abdelmassih, o agora ex-doutor especialista em reprodução humana que molestou inúmeras pacientes sexualmente. Ele nega todas as acusações.

Trata-se de Pedro Augusto Ramos da Silva, clínico-geral que não tem habilitação para atuar como ginecologista no Estado, segundo o Cremero (Conselho Regional de Medicina de Rondônia), mas ainda assim se anunciava como tal, alegando atuar na área há pelo menos 25 anos. Essa informação está sendo apurada no inquérito policial, quase concluído, e que corre em segredo de Justiça.

Ele atendia nos hospitais Regional e Carlos Chagas no município. Pelo menos cinco vítimas já se apresentaram e relataram à polícia o mesmo modus operandi praticado por Ramos

Todas elas já haviam se consultado com um ginecologista anteriormente, portanto já sabiam como era o procedimento normal das consultas, situações muito diferentes do que vivenciaram com Augusto, de acordo com os depoimentos.

Há relatos com as mesmas situações eventualmente praticadas por da Silva até no Acre. Tudo o que foi aventado será devidamente esclarecido, segundo a polícia.

De acordo com as informações passadas pelo delegado Renato César Morari, da Delegacia Regional de Ariquemes, Pedro Augusto, usando o pretexto de examinar as vítimas de forma mais minuciosa, ficava com os dedos em suas partes íntimas por mais de vinte minutos e se masturbando. Uma delas alegou ter chegado ao orgasmo durante o exame.
Pedro Augusto está preso preventivamente, encarcerado no presídio da cidade.
Abaixo, cópia dos registros de identificação do médico
Fonte: Jaruonline
Post:G.Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Os Mais Acessados